Meu Marido Não Me Ajuda nas Despesas em Casa O Que Devo Fazer e Como Agir Nessa Situação?

Meu Marido Não Me Ajuda nas Despesas em Casa – O Que Devo Fazer e Como Agir Nessa Situação?

Com cada vez mais mulheres no mercado de trabalho, tem se tornado comum e saudável a divisão das contas do lar e da família.

Mas se o seu marido anda escorregando e deixando de te ajudar financeiramente só porque você trabalha, é hora de fazer alguns ajustes nessa relação para que ambos voltem a ser felizes. Confira as dicas a seguir.

Para Mim Nunca Tem Dinheiro

Você já percebeu que para a cerveja não falta grana, mas se você pedir 50 reais para ir ao supermercado ele chora pobreza?

Então está na hora de dar uma situada no seu marido e sentar para conversar sobre as contas do lar, é importante saber conduzir essa conversa para que ele entenda que você está sobrecarregada sem parecer que você está cobrando pelos itens que ele consome em casa.

Leia também: >>> Como salvar o seu casamento com o marido mesmo que você seja a única que queira isso!

Você paga as contas de água, luz, internet e faz o supermercado e o dinheiro do seu marido fica dedicado a outras contas como o cuidado com os filhos?

É preciso unir todas essas contas, fazer uma planilha de custos e de quanto cada um recebe para que se possa enxergar quais são os custos que devem ser reduzidos e aonde seu marido pode começar a te ajudar.

Mesmo que ele não ganhe mais do que você, é importante que o casal tenha o comprometimento com as contas da casa de maneira proporcional, evitando que uma das partes fique sobrecarregada enquanto o outro sempre tem dinheiro para o lazer.

Converse Abertamente

Questões financeiras são um dos principais motivos de divórcio no Brasil, principalmente porque não temos a cultura de fazer planejamento financeiro, as pessoas se casam sem terem a conversa sobre quem irá pagar o que e ao longo dos anos o casal apenas se endivida e os sonhos ficam ada vez mais distantes de serem realizados.

Para não entrar nessa cilada financeira é importante sim organizar uma planilha de custos fixos mensais, observar o que o casal pode fazer para diminuir esse valor e verificar o quanto cada um terá que investir mensalmente para cumprir com suas obrigações financeiras familiares.

A conversa não pode ser em tom de cobrança, mas deve ocorrer em tom de compartilhar dificuldades e solucionar problemas.

Saber exatamente o quanto cada um ganha e como esses valores são gastos é essencial! E nada de cortar a cerveja do final de semana ou a sua manicure.

Ambos precisam se organizar para terem momentos de usufruir do dinheiro que recebem como salário, afinal, viver somente para pagar as contas é o que tem feito você infeliz no seu relacionamento e por isso todo esse processo de conversa e organização financeira se iniciou.

O casal precisa decidir quais serão os sacrifícios que irão fazer para que possam ter uma vida financeira possível e ainda conseguirem guardar dinheiro juntos para realizarem seus sonhos em comum, como comprar a casa própria ou viajarem para um destino paradisíaco.

A partir da conversa clara e objetiva certamente seu marido irá te ajudar e contribuir mais para que a casa funcione como deve e todos possam viver em harmonia e felizes com seus custos que passaram a caber no bolso dos dois.

Se você deseja salvar o seu casamento… Leia agora esse artigo do Link abaixo:

>>> Como salvar o seu casamento com o marido mesmo que você seja a única que queira isso (descubra um método capaz de fazê-lo se apaixonar por você cada dia mais).

O que acha desse tema: Meu Marido Não Me Ajuda nas Despesas em Casa.

Deixe o seu comentário.

Dê o seu voto para esse Artigo! O que achou?